Ao utilizar este website está a concondar com a nossa política de uso de cookies. Para mais informações consulte a nossa política de privacidade e uso de cookies, onde poderá desactivar os mesmos.

OK
pt
en fr it es de
Menu
Whatsapp

Técnicas de enxerto de cabelo

Técnicas de implante capilar

Que tipos de técnicas de implante de cabelo existem e qual é o melhor?

Nos últimos anos tem havido progressos no sector capilar em termos de equipamento médico, tecnologia e técnicas de transplante capilar e resultados em implantes capilares. 

No entanto, o factor mais importante será sempre o estado do couro cabeludo e o quão avançada está a alopecia para obter um resultado natural satisfatório tanto para a clínica como para o paciente.

A fim de compreender melhor as técnicas de implante de cabelo existentes, é necessário ser claro sobre o que é o implante de cabelo e como é feito. 

O implante de cabelo é um método conceptualmente simples, que consiste em extrair unidades foliculares de uma área do couro cabeludo onde o cabelo cresce forte e com boa densidade (área doadora) e implantá-las numa área despovoada ou careca (área receptora). 

O cabelo transplantado mantém a informação genética da sua área de origem, e com ela a tendência para não se perder ao longo dos anos.

Actualmente existem 3 técnicas de transplante capilar, FUSS - FUT, FUE - DHI, e a técnica de implante de cabelo com o robot ARTAS que diferem umas das outras pela forma como os folículos capilares (UFs) são obtidos da área doadora. 

TÉCNICAS FUSS IMPLANTE CAPILAR

Técnica de transplante de cabelo FUSS: 

A técnica FUSS - FUT (Transplante de unidades foliculares) 

A técnica FUSS ou FUT é a técnica de transplante de cabelo em que os folículos são removidos removendo uma tira de pele de cerca de 20 cm de comprimento e 1 cm de largura. 

É uma das técnicas mais tradicionais de transplante capilar. 

A tira que é retirada contém um número suficiente de pêlos para ser cuidadosamente extraída e implantada nas áreas carecas numa data posterior. Após a remoção da tira de pele, o corte é suturado.

Os folículos capilares (GRAFTS) são separados um a um usando microscópios binoculares estereoscópicos. Os pontos são retirados após 12 dias, deixando uma grande cicatriz se o paciente tiver cabelo muito curto.

Resultados obtidos com a técnica FUSS - FUT

Se tivermos em conta que a densidade média varia entre 55 a 60 unidades foliculares por cm2, serão extraídas entre 1000 e 1200 unidades foliculares.  

FUSS = Follicular Unit Transplantation

Ou seja, num paciente com baixa densidade folicular não seria possível remover mais folículos com as medidas de corte indicadas, para isso seria necessário alargar o corte, produzindo assim uma cicatriz maior e mais inestética.

Vantagens da técnica FUSS - FUT

  • Remoção rápida, mais confortável para médico e paciente.
  • Remoção de mais unidades foliculares em 1 única secção.
  • Não há necessidade de rapar o cabelo.

Desvantagens da técnica FUSS - FUT

  • Complicações inerentes à cicatriz, técnica invasiva.
  • Remoção dos pontos 10-12 dias após o transplante.
  • Cicatriz de 20-30 cm na área doadora, inestética, não pode usar cabelo muito curto ou rapado.
  • Danos foliculares: mais de 30% das unidades foliculares na área doadora podem ser danificadas pelo bisturi no momento da extracção, e na dissecação microscópica realizada por enfermeiros ou assistentes.

Consequências da técnica FUSS - FUT 

  • Efluvião pós-cirúrgico
  • Infecção
  • Necrose
  • Dehiscence (abertura espontânea de uma área suturada)
  • Hiper- ou hipostética
  • Cicatriz desagradável

Técnica de transplante de cabelo FUE

A técnica FUE é uma das técnicas mais modernas e oferece hoje os melhores resultados. Requer uma grande experiência e talento por parte do cirurgião e da equipa que o acompanha.

FUE = Extracção da Unidade Folicular ou Extracção da Unidade Folicular 

Nesta técnica, os folículos são extraídos um a um, onde o cirurgião capilar ou equipa médica escolhe os folículos de acordo com a procura para implantar (1, 2, 3 ou 4 cabelos).

Na técnica FUE, os folículos extraídos são da área doadora (Occipital e/ou temporal). 

Resultados obtidos com a técnica FUE

Os resultados obtidos com a técnica FUE têm um aspecto natural, sem cicatrizes e sem fibrose do couro cabeludo, como é o caso da técnica de Strip.

Graças à implantação com os implantes utilizados nesta técnica, podemos atingir a densidade máxima. Técnica de implantação conhecida como DHI.

Actualmente, entre 1200 e 2000 unidades foliculares são extraídas por dia, dependendo da densidade da área doadora de cada paciente.  

As únicas desvantagens que fazem com que mais unidades não sejam extraídas são: 

  • fadiga do paciente 
  • disponibilidade de cabelo das áreas doadoras da cabeça e do corpo.

Para transplantes capilares com mais de 2000 unidades (recomendamos 2 dias consecutivos).
Desta forma, conseguimos transplantar de 2000 a 3600 unidades foliculares em 2 dias consecutivos, dependendo da área doadora de cada paciente. 

Não são utilizados bisturis ou pontos durante o procedimento cirúrgico, pelo que não há cicatrizes ou pontos. Os resultados obtidos com a técnica FUE são muito bons.

TECNICAS FUE IMPLANTE DE CABELO

Vantagens da técnica FUE

A FUE é uma das técnicas de enxerto capilar com maiores vantagens, isto graças ao processo de extracção individual, o paciente decide a todo o momento o número de folículos ou enxertos a serem transplantados em cada sessão.

A técnica FUE permite-nos seleccionar as unidades foliculares que proporcionam maior densidade. É possível extrair cabelo de uma área maior, mesmo em pacientes com menor densidade seria possível extrair mais unidades foliculares por sessão do que com outros métodos ou técnicas.

  • Não há suturas ou sinais visíveis do transplante.
  • Nenhuma faixa ou faixa de cabelo é removida.
  • Não há pontos e não se usa bisturi em nenhum momento.
  • Nenhuma cicatriz perceptível.
  • O cabelo comprido, curto ou muito curto pode ser usado.
  • Pós-operatório com recuperação muito rápida.
  • Podem ser utilizados cabelos de diferentes partes do corpo (BHT - Body Hair Transplant).
  • Secções de mais de 3600 unidades foliculares podem ser programadas (dependendo de cada paciente, limitadas apenas pela área doadora).
  • Selecção de unidades foliculares de acordo com a procura necessária para cobrir a calvície.
  • Utilização de instrumentos microcirúrgicos com calibre (0,75, 0,8, 0,85 e 0,90) para a extracção.
  • Cicatrização dos pontos de micro extracção em 4-5 dias.
  • Sem risco de envolvimento nervoso ou vascular.
  • Remoção com simetria regular, deixando o pêlo uniforme.
  • Nenhuma unidade folicular é danificada durante a extracção.
  • Não é necessária nenhuma manutenção especial dos novos pêlos, pois após o seu crescimento comportar-se-ão como pêlos completamente naturais.

Desvantagens da técnica FUE

  • A extracção é de 1 a 1 unidade folicular, pelo que demora mais tempo com este método.
  • Requer mais habilidade e experiência do cirurgião capilar.
  • O pêlo tem de ser barbeado, por vezes um transplante de pêlo pode ser realizado sem se fazer a barba.
  • Textura: Mais difícil se o cabelo estiver encaracolado.
  • Aperto: Quanto mais fino for o cabelo, mais difícil.
  • Cor do cabelo: É mais difícil remover o cabelo branco.

Todas as modalidades são possíveis e o paciente decidirá o que lhe convém, dependendo do seu tempo livre, férias, economia, ou qualquer outro motivo.

O que são WHITE DOTS?

  • As WHITE DOTS são micro pontos brancos que são visíveis quando o cabelo é completamente raspado (com cortadores de cabelo).
  • As DOTS WHITE DOTS só serão perceptíveis se o comprimento do cabelo do paciente for de 1 mm ou menos.

Para que os DOTS BRANCOS não sejam demasiado perceptíveis, o cirurgião médico utiliza 2 estratégias:

  • A utilização de instrumentos microcirúrgicos de menor calibre nas áreas de transplante, neste processo é necessária uma maior habilidade do médico.
  • Outra estratégia é a utilização da técnica de MFU associada ao método FUE. A técnica MFU é o processo de procura de múltiplas unidades foliculares em que uma unidade é extraída deixando outra, graças a esta técnica haverá cabelo nesse espaço reduzindo o efeito visível causado pelos CÃES BRANCOS.

Artas técnica de transplante capilar

O transplante capilar Artas é uma das técnicas de transplante capilar mais avançadas tecnologicamente.  O seu principal valor é a inteligência de um robô que recolhe os folículos capilares da área doadora para posterior implantação na área receptora. 

O cirurgião capilar ou médico especialista pode supervisionar e realizar as intervenções apropriadas durante a cirurgia. 

Esta inovadora tecnologia de extracção integra a automatização no processo de colheita do folículo. Isto reduz o tempo do procedimento e permite a aplicação de técnicas de colheita personalizadas a uma área maior. 

Além disso, o enxerto de cabelo oferecido pelo robô Artas pode permitir que os folículos transplantados tenham uma maior taxa de sobrevivência e minimizar o impacto na área doadora.

ROBÔ ARTAS IMPLANTE CAPILAR

Resultados obtidos com o robô Artas

O seu cabelo crescerá naturalmente até que o resultado final seja alcançado após doze meses, voltará a sentir-se bem e desfrutará da sua imagem como sempre. 

Tudo é garantido por uma equipa médica profissional em que pode confiar, Clínica de Freitas.

Vantagens oferecidas pelo robô Artas no implante de cabelo

As principais vantagens: 

  • Tempo de intervenção mais curto quando se extrai por robô Artas.
  • Adequado para cobrir áreas médias a grandes
  • Não deixa cicatrizes lineares
  • Período pós-operatório mais curto
  • Adequado para pessoas que queiram rapar o cabelo.
  • Adequado para mulheres

O transplante de cabelo com Robot Artas é ideal para aqueles médicos que não têm a experiência e o conhecimento para poderem realizar um transplante de cabelo com a técnica FUE manualmente.

Desvantagens da técnica FUE

As principais desvantagens: 

  • A área doadora deve ser raspada.
  • Limitação da remoção da área doadora a 30% por cm2 de modo a não esgotar a área doadora e deixar uma densidade cosmeticamente aceitável com ou sem pêlos curtos.
  • A utilização de um instrumento tão específico requer maior precisão e experiência durante a cirurgia. Por conseguinte, é importante que o cirurgião tenha uma vasta experiência.
  • Não é recomendado em casos de calvície total ou avançada.

Conclusão final

Na grande maioria dos casos e dos pacientes, o transplante capilar durará para sempre, desde que não interrompam o tratamento médico (medicação). 

Na Clínica de Freitas somos especialistas na técnica FUE, com o método FUE o cabelo vai crescer na direcção habitual com a sua própria inércia, o que torna o resultado mais natural.

O cabelo implantado com a técnica FUE cobrirá, tanto quanto possível, as áreas mais caídas ou pouco povoadas do couro cabeludo, mantendo as áreas saudáveis e doadoras em perfeitas condições. 
Através de uma intervenção de qualidade, 90% do cabelo implantado pode ser utilizado para toda a vida.

Pode visitar a nossa clínica de transplante capilar em Barcelona e a nossa clínica capilar em Valência, temos também uma clínica capilar no Brasil, onde realizamos cirurgia capilar e tratamentos capilares.  a Clínica de Freitas dá-lhe a oportunidade de mostrar o seu cabelo como antes.